sexta-feira, 28 de julho de 2017

FORA DA ROTA - Passeios diferentes em edifícios únicos de Buenos Aires (ARGENTINA)

Vista do alto do Palacio Barolo, com o Congresso Argentino ao fundo
Caros viajantes!

Pode parecer estranho que Buenos Aires esteja figurando numa seção chamada "Fora da Rota", afinal, a capital argentina é um dos destinos mais visitados da América Latina... Principalmente, por turistas brasileiros!
No entanto, BsAs faz parte dum seleto grupo de cidades conhecidas como metrópoles globais, que além de serem enormes, têm inúmeras atrações para seus habitantes e visitantes: desde aquelas manjadas, que todo mundo conhece (no caso, o Obelisco, a Casa Rosada, a Puente de la Mujer, etc.), até diversos passeios e lugares "alternativos", que as "massas" ainda não descobriram.

Há alguns anos, morei lá por um semestre, e como sou viciado em exploração, aproveitei para "dissecar" essa que é uma das minhas cidades favoritas no mundo. Assim, acabei conhecendo várias coisas que geralmente não estão nos roteiros de viagem comuns, mas que muitas vezes são ainda mais interessantes do que aquilo que é “famoso”!

Até por ter tido essa vivência, Buenos Aires sempre foi o destino para o qual as pessoas conhecidas mais me pedem dicas. Por isso, escrevi um guia completo sobre a cidade, dividido por regiões, que pretendo publicar futuramente aqui no CM. Mas como nele, inevitavelmente, também haverá bastante informação que pode ser encontrada em outros guias, achei interessante escrever este post, destacado, abordando algo diferente: Três passeios "fora da rota" em edifícios únicos de BsAs! 😃

Antes de qualquer coisa, é importante explicar: caso você não saiba, a Argentina dos dias atuais não é a sombra do que foi há cerca de 100 anos. É incrível (e eu também fiquei muito surpreso quando soube!), mas do fim do século XIX até mais ou menos a 1ª Guerra Mundial, o país foi um dos mais ricos e desenvolvidos do mundo, estando MUITO à frente de todos os seus vizinhos latino-americanos e "pau a pau" com os países da Europa Ocidental em tudo: PIB, renda per capita, educação, saúde, tecnologia, etc...
Por uma série de motivos, infelizmente isso foi se perdendo nas décadas seguintes e a situação se deteriorou muito com as crises econômicas que a Argentina vem enfrentando desde os anos 2000. Mas pelo menos, uma parte importante do legado dos tempos gloriosos resistiu: por causa da imensa riqueza que existiu ali, Buenos Aires é uma cidade linda, planejada, repleta de parques e prédios centenários belíssimos, sendo boa parte em estilo europeu (não por acaso, a cidade era chamada de "Paris do Hemisfério Sul"). Tudo isso ainda está lá, e um jeito de conhecer mais a fundo essa história e se impressionar é visitando, além dos lugares imponentes famosos (Teatro Colón, Congresso, Cemitério de Recoleta, etc.), os seguintes edifícios:

quinta-feira, 20 de julho de 2017

MINI GUIA / EXPERIÊNCIAS - Cruzar o BIG SUR pela Highway 1, na CALIFÓRNIA!


Caros viajantes!

Assim como o post sobre San Marino, que foi "2 em 1" (Mini Guia + Fora da Rota), o de hoje também une dois tipos de artigo (MINI GUIA e EXPERIÊNCIAS) e será o #03 tanto de uma seção quanto da outra... Mas, como sempre, tratando de um destino inédito: o Big Sur, na mítica estrada californiana Highway 1! 😃

A HWY-1 tem pouco mais de 1.000km de extensão e, ao longo do caminho, muda várias vezes de nome (Cabrillo Highway, Pacific Coast Road, etc.), além de se fundir, em alguns trechos, com outra importante estrada: a Highway 101.
O início da "1" fica em Dana Point, ao sul de Los Angeles, e o fim em Leggett, ao norte San Francisco. Tanto "LA" quanto "SF" são cortadas por essa estrada, assim como dezenas de outras cidades e locais importantes da Califórnia: Orange County, Long Beach, Malibu, Santa Barbara, o próprio Big Sur, etc.

Evidentemente, escrever um guia sobre uma estrada tão longa e que passa por tantos lugares famosos e incríveis não demandaria um post, mas um livro inteiro! Por isso, resolvi focar na parte mais sensacional da HWY-1, que é a região conhecida como Big Sur!

Nesse trecho, quase não há lugares habitados e a grande atração é o próprio percurso em si, que consiste numa estrada espremida entre as montanhas e os penhascos à beira-mar. Essa combinação, somada ao azul do Oceano Pacífico, os trechos verdes de floresta e certos locais específicos, fazem dessa uma das estradas mais lindas do mundo - e da sua travessia, uma experiência de viagem absolutamente inesquecível. Não é pra menos, afinal, o que dizer dos cenários mostrados nas imagens? 😃

quinta-feira, 13 de julho de 2017

UMA LISTA - 6 pores do sol inesquecíveis ao redor do mundo


Caros viajantes!

Acredito que para a grande maioria das pessoas, o por do sol é um dos fenômenos naturais mais bonitos de se ver (senão o mais)... E como para mim não é diferente, hoje tive a ideia de tentar listar os pores do sol mais inesquecíveis que já presenciei ao redor do mundo! 😃

Para que esse fenômeno alcance seu esplendor máximo, as condições climáticas têm que ser as melhores possíveis e o lugar em que você está tem que ser não apenas incrível por si só, mas principalmente, ser voltado para o oeste (ou seja, ter a posição geográfica certa)! Naturalmente, é difícil ter todos esses requisitos preenchidos, já que eles dependem muito da sorte. Por isso, é claro que pores do sol não são "tudo a mesma coisa", e os que são REALMENTE fantásticos são poucos!

Assim, para elaborar esta lista, considerei todo o "conjunto da obra" dessa maravilha da natureza - que por sinal, é uma coisa que eu sempre pesquiso quando vou a um destino novo; assim como faço com os rooftop bars"tem algum lugar de onde ver o por do sol é especial?" é algo que eu procuro descobrir em todas as minhas viagens! Hahaha...

Diferentemente das outras listas, esta aqui não está "rankeada". Certas coisas, como pores do sol, são muito únicas, pois cada um deles é lindo e peculiar à sua própria maneira; isso torna a comparação difícil demais, ou até mesmo impossível! Portanto, desta vez, não liguem para a sequência...

terça-feira, 4 de julho de 2017

DICAS DE UM "CM" - O roteiro para fazer o melhor... ROTEIRO!

Caros viajantes!

Hoje abordo mais um assunto prático que é útil a todo viajante, dando "toques" baseados no aprendizado que tenho tido com cada viagem que eu planejo e faço: como montar, você mesmo, o melhor roteiro para a sua viagem! =)

Decidi escrever sobre isso porque eu geralmente faço viagens longas, com vários destinos em cada uma, e de vez em quando as pessoas que me conhecem perguntam coisas como: "como você se programa?", "o que você usa no planejamento?", "como você sabe exatamente onde ir, o que fazer, quanto tempo ficar...?", etc.

É claro que há situações em que você não precisa esquentar muito a cabeça, como por exemplo se viaja para ficar uma semana inteira numa mesma cidade. Nesses casos, é até legal o "elemento surpresa", que acontece quando a gente deixa pra descobrir as coisas na hora, sem muita pesquisa prévia.
Porém, para quem, como eu, não tem tanto tempo pra gastar, gosta de exploração e tem o "vírus" do Wanderlust (desejo incontrolável de conhecer o mundo), é muito importante fazer um roteiro bem detalhado, a fim de evitar perder tempo e fazer a viagem "render" o máximo possível!

Assim, acabei desenvolvendo um "passo-a-passo" também para isso, e para que fique mais didático, vou colocá-lo aqui na forma de algumas perguntas e respostas que resumem tudo: